Informativos

Escola Informativos
Aula extra: Inglês

Todos os dias acontecem as aulas de inglês para as turmas do Berçário 2 até a Fase II, com o programa Perto Bilíngue, que por meio da oferta de consultoria educacional possibilita a realização de formação em serviço e acompanhamento permanente do trabalho pedagógico dos professores.

O objetivo principal do programa é potencializar o desenvolvimento cognitivo do aluno através da familiarização com a segunda língua, desta forma, as crianças entram em contato com a língua inglesa através de cantigas, brincadeiras e histórias de uma turminha super divertida, a turma do Tommy Rabbit (Tommy Coelho).

O momento do programa bilíngue, que ocorre diariamente respeitando a rotina e ociclo de desenvolvimento de cada faixa etária,tem comoênfase a utilização daleitura e narração de histórias, com a finalidade deestimular a identificação dos padrões fonéticos e linguísticosdo idioma inglês.

Carta Pais Perto Babies





A importância do psicólogo na Unidade Escolar

O Psicólogo é o profissional que durante sua formação tem a possibilidade de aprender sobre o desenvolvimento humano, relações interpessoais, mecanismos e processos de aprendizagem. Nesse sentido, é também o profissional que pode contribuir de muitas maneiras para os processos de ensino e de aprendizagem.

Dessa maneira, pode contribuir com os demais profissionais envolvidos em atividades e oferecendo contribuições da Psicologia (do Desenvolvimento, Aprendizagem, Ensino, Social), para melhorias nos processos de ensino, aprendizagem e social.

Dentre as várias possibilidades de atuação de Psicólogos escolares, eles podem contribuir para:
• Contribuir com desempenho escolar e social dos alunos; • Avaliar as necessidades emocionais e comportamentais das crianças; • Promover a resolução de problemas e conflitos; • Comunicar de forma eficaz com os pais sobre o progresso do aluno e orientá-los sobre questões educacionais; • Reforçar as parcerias Família-Escola; • Ajudar as famílias a compreender as necessidades de seus filhos.

Cristiane Midory Schincáglia Cabrera
Psicóloga Clínica - CRP 92702
Alameda Terracota, 215 Cj.903 Espaço Cerâmica
São Caetano do Sul / SP
2897-7206 99996-9055
www.psicologacristianemidory.com.br


Atuação do Nutricionista em Escolas

A importância do nutricionista no ambiente escolar, se dá em vários aspectos. Um ponto muito importante é a interação de atividades lúdicas com os alunos, envolvendo alimentação saudável e nutrição.

Além disso, temos a elaboração do cardápio adequando-o as faixas etárias e respeitando os hábitos alimentares, sempre com a introdução de novos sabores.

Participar do diagnóstico, avaliação e monitoramento nutricional das crianças, reestruturando a alimentação e orientando pais ou responsáveis sempre que for necessário. A produção e distribuição dos alimentos, devem obedecer as boas práticas higiênicas e sanitárias exigidas por lei. Cabe ao nutricionista supervisionar e orientar os profissionais da cozinha, bem como todos os envolvidos com o preparo dos alimentos.

Alessandra Luiza Muniz
Nutricionista
CRN3 8578.


Introdução e Estímulo do consumo diário de Vegetais nas refeições das Crianças

As frutas e as hortaliças (legumes e verduras) são as principais fontes de vitaminas, minerais e fibras.

A criança que come desde cedo, frutas, verduras e legumes, recebe maiores quantidades desses nutrientes, além de adquirir hábitos alimentares saudáveis.

Fontes de Vitamina C, Vitamina A, Ferro e Potássio podem ser encontradas em grandes quantidades em alimentos de origem vegetal.

Normalmente, os alimentos do grupo dos vegetais são inicialmente pouco aceitos pelas crianças porque, em parte, a criança tem a propensão de aceitar melhor alimentos doces. A desistência em oferecer os alimentos que a criança não aceitou bem, é uma técnica inadequada na introdução de novos alimentos.

Vale lembrar que são necessárias, em média, oito a dez exposições a um novo alimento para que ele seja aceito pela criança.

As frutas, legumes e verduras, devem ser oferecidos separadamente porque a criança está aprendendo a conhecer novos sabores e textura dos alimentos.

O hábito alimentar familiar é muito importante, pois quando a criança já senta à mesa, o consumo desses alimentos pela família vai encorajar a criança a consumi-los.

Alessandra Luiza Muniz
Nutricionista
CRN 8578